Remediação de área traz segurança no caso de acidentes ambientais

Remediação de área traz segurança no caso de acidentes ambientais

O Brasil possui vasto território e, por isso, veículos e motoristas de carga ficam expostos a riscos por muito tempo durante seus deslocamentos. A má conservação das rodovias ainda é um dos maiores desencadeadores de acidentes, mas o transporte de cargas acima do limite permitido, apesar da fiscalização, e o comportamento do condutor também são determinantes na ocorrência de sinistros.

Apesar de alguns setores darem sinais de queda na ocorrência de acidentes, gerada por iniciativas da indústria e parceiros do setor de transporte para treinar, capacitar e conscientizar os motoristas sobre a importância da condução segura e, ao mesmo tempo, aprimorar os processos de gestão com o objetivo de minimizar riscos e trabalhar preventivamente, os sinistros podem acontecer e trazer uma série de transtornos ao proprietário da carga e transportadores, principalmente se afetarem o meio-ambiente.

Em uma breve pesquisa na internet é fácil nos deparamos com notícias sobre tombamento de caminhões com produtos variados – ácido, óleo, agrotóxicos, fertilizantes, etanol, sementes e gás natural, entre outros –, e a consequente contaminação de áreas próximas ao local do acidente, inclusive rios. Multas, na maioria das vezes milionárias, e a obrigatoriedade da recuperação de áreas afetadas estão entre as principais consequências desse tipo de ocorrência.

É importante destacar que quando falamos de contaminação ambiental, normalmente tendemos a pensar apenas em produtos como químicos, medicamentos e produtos tóxicos em geral, mas é considerada como contaminação ambiental quaisquer agentes estranhos ao local e que possam, potencialmente ter algum impacto naquele ecossistema. Exemplos disso podem ser desde eletroeletrônicos que tem baterias que contém metais pesados, até grãos ou sementes que não sejam naturalmente encontradas naquele local onde houve o acidente ou vazamento.

Motorista, veículo e carga seguros... mas e o meio ambiente?

Para proteger as empresas dos riscos de acidentes nas estradas, algumas seguradoras oferecem proteção da carga transportada. Mas em razão dos riscos de vazamentos de produtos, que podem comprometer o meio-ambiente, é fundamental adquirir um seguro de responsabilidade civil ambiental que, de forma complementar, garante a limpeza e a remediação do local afetado, além da destinação do material recolhido.

“Pensando nos casos mais graves, nos quais se faz necessária a recuperação das áreas atingidas, o seguro ambiental da AIG oferece a possibilidade de obter um serviço diferenciado que é a remediação”, informa Katiuscia Brandão, analista de sinistros ambientais da AIG, uma das maiores seguradoras do mundo, com 100 anos de experiência e conhecimento em mais de 80 países e presente no Brasil há 70 anos. “Temos o olhar na preservação e na reparação do dano ambiental. Acompanhamos todos os trabalhos de remediação, trabalhamos, quando possível, em um plano de recuperação do ecossistema com parceiros especializados contratados diretamente pelo segurado”, explica a analista, que ainda aponta como diferencial a parceria com empresas que oferecem planos de gerenciamento emergencial. “Temos parceiros que não cobram pelo plano de quem tem seguro AIG”, finaliza.

Dentre as formas de remediação que podem ser utilizadas estão a biorremediação, que consiste no processo nos quais são introduzidos organismos para ajudar a diminuir os efeitos de contaminação em determinada área ambiental, desde fungos até algas verdes; escavação, remoção e destinação do solo; bombeamento e tratamento de águas subterrâneas; barreiras reativas permeáveis; estabilização do solo; ou por tecnologias térmicas, que também fazem parte do processo no sentido de diminuir ou aumentar o clima do solo e águas subterrâneas, diminuindo o nível de poluição de áreas contaminadas.

Não deixe a sua operação logística descoberta. Consulte o seu corretor sobre as soluções da AIG para resguardar os transportes da sua empresa em casos de acidentes ambientais.

Comentários

I - Os seus comentários estão sujeitos à moderação do nosso time editorial, que se reserva no direito de deletar comentários ofensivos, descriminatórios e não pertinentes à temática do canal de comunicação.
II - Comentários relacionados à cotações, apólices e serviços prestados pela AIG serão direcionados para a área de Atendimento ao Usuário que tomará as tratativas de cada caso.

 Comentar

  • Nenhum comentário, seja o primeiro!

Materiais Relacionados




Tags

Últimas postagens