Indústria

Você conhece o Seguro Viagem Corporativo? Veja as vantagens dessa proteção para empresas

Viajar a trabalho com tranquilidade faz toda a diferença
29 de junho de 2021
Você conhece o Seguro Viagem Corporativo? Veja as vantagens dessa proteção para empresas

Viajar a trabalho é uma das necessidade de executivos e profissionais a fim de alavancar negócios. De maneira geral, a companhia coloca os custos dessas viagens em seu planejamento financeiro, como a compra de passagens, hospedagem, além de gastos com alimentação.

Porém, sempre podem ter despesas extras com incidentes não previstos que podem ocorrer durante a viagem do funcionário, seja pelo extravio de bagagem, gastos médicos em eventuais internações, ou situações até mais graves.

Responsável pela integridade do funcionário, a empresa é obrigada a arcar com os custos em casos de incidente durante este período. Para evitar grandes gastos decorrentes de situações imprevistas, é fundamental a companhia se prevenir com um seguro que oferece a assistência necessária à organização e ao colaborador em diversas necessidades.

O que é o Seguro Viagem Corporativo?

Dentro do segmento de Seguro Viagem existe o Seguro Viagem Corporativo, um produto específico voltado para viagens a trabalho, com diversas coberturas para eventos inesperados ou doenças. Atualmente, boa parte das empresas oferece seguros para viagens corporativas aos seus colaboradores.

Outras, entretanto, ainda não estão conscientes de que o risco de um incidente pode impactar tanto a integridade do funcionário quanto a empresa em si.

Um aspecto crítico que se deve ter em mente é que colaboradores que viajam a trabalho estão em atividade empresarial, na qual a própria organização é responsável por essas pessoas e procedimentos, e a adoção de um seguro traz muito mais tranquilidade para ambos os lados.

Como funciona o Seguro Viagem Corporativo?

Uma das líderes globais do segmento, a AIG possui dois tipos de Seguro Viagem Corporativo, buscando sempre oferecer o produto que melhor se encaixe na necessidade de cada cliente:

Banco de dias (ATP)

Produto indicado para empresas que querem ter o controle da quantidade de dias utilizados em viagens.

O cliente contrata uma determinada quantidade por ano e, à medida que vai usando, os dias utilizados são abatidos do saldo disponível. Por meio de uma ferramenta on-line, o cliente pode ainda emitir relatórios a respeito das viagens realizadas.

Customizado

A cobertura deste seguro é estabelecida com a empresa contratante de acordo com o histórico de viagens dos executivos nos anos anteriores.

Com este produto, o cliente tem a comodidade de ter um plano especial para a necessidade de sua empresa. Ele também é anual, porém possui um preço mais competitivo em relação ao Banco de Dias para médias e grandes demandas de viagens.

A proposta é customizada baseada nas informações declaradas pelo cliente (quantidade anual de viajantes, média de viagem por executivo e tempo de permanência em viagem).

É um grande benefício para a gestão de viagens da empresa, pois não há o esforço e o risco operacional de se emitir certificados a cada viagem.

Quais são as coberturas do Seguro Viagem Corporativo?

A AIG oferece o seguro viagem corporativo com até 55 coberturas (no plano customizado) em oito planos diferentes, que abrangem viagens nacionais e internacionais, além de cobrir viagens a lazer, bem como cônjuge e dependentes, caso queira levar a família.

Os produtos da AIG oferecem cobertura de Despesas Médicas e Hospitalares a partir de US$ 15 mil, chegando a até US$ 500 mil – o maior limite desta cobertura no mercado.

Além disso, há coberturas oferecidas exclusivamente pela AIG, como a Bolsa Protegida, que reembolsa o valor de determinados pertences do viajante caso ele seja roubado, e seguro para garantir o retorno do segurado caso ocorra um incidente residencial durante o período de viagem.

Confira abaixo as coberturas do seguro, que garantem uma viagem a trabalho com toda a tranquilidade:

Inconvenientes de viagem

Cancelamento ou interrupção de viagem; atraso, perda ou roubo de bagagem; perda de conexão; atraso de voo.

Acidentes pessoais

Por ato violento; em transporte público; em desastres naturais; por roubo em ATM; despesas médicas e hospitalares; despesas emergenciais odontológicas; despesas Farmacêuticas; morte acidental em viagem e invalidez total ou parcial em viagem.

Transporte e Hospedagem

Remoção ou repatriação médica; repatriação funerária; prorrogação de estadia; acompanhante em caso de hospitalização prolongada; hospedagem e retorno do acompanhante; retorno do segurado; retorno de menores; retorno antecipado por incidente residencial.

Dependentes

Inclusão facultativa de cônjuge e filhos.

Auxílio Jurídico

Fianças e despesas legais; despesas jurídicas.

Como reduzir custos em viagens corporativas?

Além de contar com a proteção do Seguro Viagem Corporativo, é importante que a empresa tenha um planejamento organizado para otimizar os custos em todo o processo da viagem a trabalho, desde a compra da passagem até a estadia e deslocamento do funcionário no destino.

Confira abaixo algumas dicas de especialistas da AIG para reduzir custos nas viagens corporativas:

Compre passagens no momento certo

De modo geral, é necessário um planejamento mais minucioso quando se trata de viagens corporativas do que viagens a lazer. Com esse planejamento, podem-se definir antecipadamente quais e quantos funcionários farão viagens futuramente e, assim, adquirir as passagens com antecedência.

Fique atento, pois em alguns casos, viagens corporativas podem coincidir com alta temporada turística para determinados destinos e passagens podem ter um valor maior do que o habitual. Verifique com os seus clientes internos se há a possibilidade de alteração da data ou busque por horários alternativos.

Não compre passagens muito antecipadas

Companhias aéreas, por exemplo, estão começando a cobrar tarifas mais altas para reservar lugares em bilhetes adquiridos com muita antecedência por conta da reserva do lugar.

Para voos nacionais, o ideal é comprar as passagens com uma antecedência de 30 dias. Quando se trata de voos internacionais, o melhor é adquirir 90 dias antes da viagem.

Escolha parceiros estratégicos

Além das passagens aéreas, muitas vezes o deslocamento no próprio destino consome boa parte do orçamento destinado à viagem. Para diminuir esse custo e oferecer mais tranquilidade e segurança aos colaboradores da sua empresa, firme parcerias com fornecedores de mobilidade urbana.

Essa dica também vale para hospedagem, que é outra despesa que pode consumir uma grande parte do orçamento.

Fazer parcerias com redes de hotéis pode permitir, por exemplo, que o valor da diária não oscile devido à alta temporada e também que o acerto de contas ocorra apenas no final do mês.

Tenha uma política de viagens eficaz

Uma boa política de viagens deve deixar claro quais despesas estão cobertas pela empresa, bem como seus valores máximos. Isso permite que o funcionário escolha, dentro do montante que ele pode consumir, aquilo que é melhor para ele, ao mesmo tempo em que permite que a empresa economize.

Além disso, a companhia deve ter um processo de aprovação de viagens, a fim de estabelecer quais delas são realmente necessárias.

Se o volume de viagens é grande na sua empresa, contratar um especialista ou um parceiro terceirizado pode ser uma vantagem, pois essa equipe vai planejar com antecedência todos os detalhes da viagem, bem como ficar atenta a descontos e promoções.

Recompense a economia

Deixar o funcionário escolher como gastar, dentro de um limite preestabelecido, pode trazer economia para a empresa.

Esse corte de custos pode ser ainda maior se combinado com uma política de recompensa por economia, que pode ser desde voucher de compras até dias de folga.

Essa política cria uma competição saudável entre os funcionários que viajam e reforça uma cultura de austeridade dentro da empresa.

Para saber mais detalhes, baixe gratuitamente o Guia produzido pela AIG sobre o tema.

Leia mais artigos em nosso blog: